Ler e Contar • Contar e Ler

FaceBook  Twitter

Ler e Contar , Contar e Ler - As Narrativas e as Práticas Leitoras

Com FRANCISCO GREGÓRIO FILHO
Escritor e contador de histórias

 

Dia 01 de julho, sábado
das 8h30 às 12h30

Vagas limitadas!

 

Local:

Unidade Baixo Bonfim:
Rua Conde de Bonfim, 1305 - Tijuca - Rio de Janeiro

 

Inscrições e Informações:

Unidade Maxwell:
Rua Maxwell, 194 - Vila Isabel - Rio de Janeiro (21) 3271-1916

Unidade Baixo Bonfim:
Rua Conde de Bonfim, 1305 - Tijuca - Rio de Janeiro
(21) 2278-8116 / (21) 2278-8260

 

PÚBLICO

Professores, Educadores Sociais, Estudantes, Arteterapeutas e profissionais de mediação de leituras, pais, mães, avós e avôs, artistas das diversas linguagens e outros.

 

OBJETIVO

Sensibilizar e qualificar profissionais de diferentes áreas para as práticas de produção de leitura e da contação de histórias, a partir de informações teóricas e práticas que lhes dêem suporte para a apreciação e o exercício dessas atividades.

 

 

ATIVIDADES

PRODUÇÃO DE LEITURAS

 

1. Criação – Produção

 

2. Fruição

3. Difusão – Expressão

4. Registro e documentação – Produção de Memória

5. Produção – Expressão – Produto

(Apresentações – Saraus – Leituras – Exposição – Visual áudio – Publicação - Almanaque - Caderno)

6. Congraçamento - Avaliação

7. Bibliografia

 

EMENTA

Ler, contar, escrever, cantar, poetar, olhar e ver, escutar histórias.

 

As narrativas e as diferentes práticas leitoras

• Oratura – escrituras, oralidade e imagens

 

• Mitos, lendas, fábulas, contos autorais, contos populares, romances e xácaras, poemas e HaiKai

• Correspondências - cartas, mensagens e as novas ferramentas tecnológicas

 

Projeção

• Filmes curtas, documentários e animação sobre as narrativas

 

• Conteúdos para a formação e qualificação de contadores de histórias

 

Discussão

• Inserção de contadores de histórias em programas de rádio, televisão e novas mídias.

 

• Interação dos contadores de histórias contemporâneos e os ilustradores.

• Os narradores contemporâneos e os tradicionais.

  

BIBLIOGRAFIA

• A arte de encantar: o contador de histórias contemporâneo e seus olhares. Org. Fabiano MORAES, e Lenice Gomes.  São Paulo: Editora Cortez, 2012.

 

• ALVES, Rubem e Brandão, Carlos Rodrigues. Encantar o mundo com a palavra. Campinas: Papirus, 2006.

Almanaque do Agente de Leitura. Org Eliana Yunes e Nilsa Rezende. Rio de Janeiro: Compostela Comunicação, 2012.

AMARILHA, Marly. Leitura e oralidade. In: DAUSTER, Tânia; FERREIRA, Lucelena (Org.). Por que ler? Rio de Janeiro: Lamparina, 2010.

BUSATTO, Cléo. A arte de contar histórias no século XXI. Petrópolis: Editora Vozes, 2006.

CAMARGO, Iberê. Iberê Camargo e Augusto Massi (Org). Gaveta dos Guardados. São Paulo: Edusp, 1998.

CASCUDO, Luiz da Câmara. Lendas Brasileiras. Rio de Janeiro: Ediouro,1960.

_____. Contos Tradicionais do Brasil. Rio de Janeiro: Ediouro,1960.

Contadores de Histórias - um exercício para muitas vozes. Org. Benita Prieto. Rio de Janeiro: s. ed, 2011.

Contar História: uns passarão, outros passarinhos. Org. Fabio Henrique Nunes Medeiros, Maurício Biscaia Veiga, Taiza Mara Rauen Moraes. Joinville: Editora Univalle, 2015.

Contação de Histórias: Tradições, poéticas e interfaces. Org. Fabio Henrique Nunes Medeiros e Taiza Mara Rauen Moraes. São Paulo: Edições Sesc, 2015.

GERSIE, Alida e King, Nanci. Construção de histórias em educação e terapia. São Paulo: Antropofásica , 2015.

GREGÓRIO FILHO, Francisco. Ler e contar, contar e ler. 2. ed. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2008.

História falada: memória, rede e mudança social, coord. Karen Worcman e Jesus

Vasquez Pereira. São Paulo: SESC São Paulo: Museu da Pessoa: Imprensa Oficial do estado de São Paulo, 2006.

Histórias Sagradas. Org. Charles SIMPKINSON, e Anne Simpkinson. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2005.

Leitores a Caminho – Formação agentes de Leitura. Org. Eliana Yunes. Rio de Janeiro: Editora PUC-Rio, 2011.

MACHADO, Regina. A arte da palavra e a escuta. São Paulo: Editora Reviravolta Ltda, 2015.

Patrimônio e Leitura. Catálogo comentado de literatura infanto-juvenil. Coord Geral Maria Beatriz Rezende. Rio de Janeiro: IPHAN, COPEDOC, 2007.

Patrimônio e Leitura nº2. Catálogo comentado de literatura infanto-juvenil. Coord Geral Maria Beatriz Rezende. Rio de Janeiro: IPHAN, COPEDOC, 2009

Pensar a leitura: complexidade, org. Eliana Yunes. Rio de Janeiro: Editora PUC/Rio, Edições Loyola, (coleção Teologia e ciências humanas: 5), 2002.

PETIT, Michèle. A arte de ler ou como resistir à adversidade. São Paulo: Editora 34, 2009.

Seminário de Ação Educativa. Cultura e Educação: parceria que faz história. Coord. Editorial Helena Maria Mourão Loureiro e Betânia Gonçalves Figueiredo. Belo Horizonte: Mazza edições: Instituto Andrade Gutierrez/ MAO, 2007.

SISTO, Celso.Textos e pretextos sobre a arte de contar Histórias. Rio de Janeiro: Editora Positivo, Série práticas e educativas,  2005.

VARELLA, Drauzio. Maré, vida na favela. Drauzio Varella, Ivaldo Bertazzo e Paola Berenstein Jaques. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2002.

VOGLER, Christopher. A jornada do Escritor. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006.

 

YUNES, Eliana. Tecendo um leitor: uma rede de fios cruzados. Curitiba: Aymará, 2009.

 

 

PÚBLICO – Professores, Educadores Sociais, Estudantes, Arteterapeutas e profissionais de mediação de leituras, pais, mães, avós e avôs, artistas das diversas linguagens e outros.

 

OBJETIVO

Sensibilizar e qualificar profissionais de diferentes áreas para as práticas de produção de leitura e da contação de histórias, a partir de informações teóricas e práticas que lhes dêem suporte para a apreciação e o exercício dessas atividades.

ATIVIDADES

PRODUÇÃO DE LEITURAS

  1. Criação – Produção
  2. Fruição
  3. Difusão – Expressão
  4. Registro e documentação – Produção de Memória
  5. Produção – Expressão – Produto

(Apresentações – Saraus – Leituras – Exposição – Visual áudio – Publicação - Almanaque - Caderno)

  1. Congraçamento - Avaliação
  2. Bibliografia

 

EMENTA

 

Ler, contar, escrever, cantar, poetar, olhar e ver, escutar histórias.

As narrativas e as diferentes práticas leitoras

 

 

 

  • Oratura – escrituras, oralidade e imagens
  • Mitos, lendas, fábulas, contos autorais, contos populares, romances e xácaras, poemas e HaiKai
  • Correspondências - cartas, mensagens e as novas ferramentas tecnológicas

 

 

Projeção

 

  • Filmes curtas, documentários e animação sobre as narrativas
  • Conteúdos para a formação e qualificação de contadores de histórias

Discussão

 

·         Inserção de contadores de histórias em programas de rádio, televisão e novas mídias.

·         Interação dos contadores de histórias contemporâneos e os ilustradores.

·         Os narradores contemporâneos e os tradicionais.

 

BIBLIOGRAFIA

·         A arte de encantar: o contador de histórias contemporâneo e seus olhares. Org. Fabiano MORAES, e Lenice Gomes.  São Paulo: Editora Cortez, 2012.

·         ALVES, Rubem e Brandão, Carlos Rodrigues. Encantar o mundo com a palavra. Campinas: Papirus, 2006.

·         Almanaque do Agente de Leitura. Org Eliana Yunes e Nilsa Rezende. Rio de Janeiro: Compostela Comunicação, 2012.

·         AMARILHA, Marly. Leitura e oralidade. In: DAUSTER, Tânia; FERREIRA, Lucelena (Org.). Por que ler? Rio de Janeiro: Lamparina, 2010.

·         BUSATTO, Cléo. A arte de contar histórias no século XXI. Petrópolis: Editora Vozes, 2006.

·         CAMARGO, Iberê. Iberê Camargo e Augusto Massi (Org). Gaveta dos Guardados. São Paulo: Edusp, 1998.

·         CASCUDO, Luiz da Câmara. Lendas Brasileiras. Rio de Janeiro: Ediouro,1960.

·         _____. Contos Tradicionais do Brasil. Rio de Janeiro: Ediouro,1960.

·         Contadores de Histórias - um exercício para muitas vozes. Org. Benita Prieto. Rio de Janeiro: s. ed, 2011.

·         Contar História: uns passarão, outros passarinhos. Org. Fabio Henrique Nunes Medeiros, Maurício Biscaia Veiga, Taiza Mara Rauen Moraes. Joinville: Editora Univalle, 2015.

·         Contação de Histórias: Tradições, poéticas e interfaces. Org. Fabio Henrique Nunes Medeiros e Taiza Mara Rauen Moraes. São Paulo: Edições Sesc, 2015.

·         GERSIE, Alida e King, Nanci. Construção de histórias em educação e terapia. São Paulo: Antropofásica , 2015.

·         GREGÓRIO FILHO, Francisco. Ler e contar, contar e ler. 2. ed. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2008.

·         História falada: memória, rede e mudança social, coord. Karen Worcman e Jesus

·         Vasquez Pereira. São Paulo: SESC São Paulo: Museu da Pessoa: Imprensa Oficial do estado de São Paulo, 2006.

·         Histórias Sagradas. Org. Charles SIMPKINSON, e Anne Simpkinson. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2005.

·         Leitores a Caminho – Formação agentes de Leitura. Org. Eliana Yunes. Rio de Janeiro: Editora PUC-Rio, 2011.

·         MACHADO, Regina. A arte da palavra e a escuta. São Paulo: Editora Reviravolta Ltda, 2015.

·         Patrimônio e Leitura. Catálogo comentado de literatura infanto-juvenil. Coord Geral Maria Beatriz Rezende. Rio de Janeiro: IPHAN, COPEDOC, 2007.

·         Patrimônio e Leitura nº2. Catálogo comentado de literatura infanto-juvenil. Coord Geral Maria Beatriz Rezende. Rio de Janeiro: IPHAN, COPEDOC, 2009

·         Pensar a leitura: complexidade, org. Eliana Yunes. Rio de Janeiro: Editora PUC/Rio, Edições Loyola, (coleção Teologia e ciências humanas: 5), 2002.

·         PETIT, Michèle. A arte de ler ou como resistir à adversidade. São Paulo: Editora 34, 2009.

·         Seminário de Ação Educativa. Cultura e Educação: parceria que faz história. Coord. Editorial Helena Maria Mourão Loureiro e Betânia Gonçalves Figueiredo. Belo Horizonte: Mazza edições: Instituto Andrade Gutierrez/ MAO, 2007.

·         SISTO, Celso.Textos e pretextos sobre a arte de contar Histórias. Rio de Janeiro: Editora Positivo, Série práticas e educativas,  2005.

·         VARELLA, Drauzio. Maré, vida na favela. Drauzio Varella, Ivaldo Bertazzo e Paola Berenstein Jaques. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2002.

·         VOGLER, Christopher. A jornada do Escritor. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006.

·         YUNES, Eliana. Tecendo um leitor: uma rede de fios cruzados. Curitiba: Aymará, 2009.